Aqui, você é a personalidade maior!!! VIP É VOCÊ!

Ex-polegar Rafael Ilha discutiu com a ex-mulher antes de tentar suicídio

O ex-polegar Alan Frank disse ao R7 que acredita que o amigo Rafael Ilha tenha tentado se matar na última terça (20) por conta da separação e por não poder ver a filha de criação.

O músico, que hoje também é médico, se encontrou com a reportagem no lançamento do livro Nóia - O Poder Tentador de Nossas Fraquezas, de João Blota e Rafael Júnior, na Livraria Cultura, em São Paulo, na noite desta quarta (21). A obra fala da luta contra a dependência das drogas.

- O que eu imagino e que a dona Silvia [mãe de Rafael Ilha] imagina também é que os problemas familiares e a dor da separação tenham levado ele a isso. Eu falei com ele no Dia dos Pais e ele estava muito triste com a separação da Fabiana [ex-mulher de Rafael Ilha]. Ele tem um filho de sangue com ela e uma filha de coração, que é a enteada dele. E parece que ela não estava deixando ele ver a menina. Ele me falou que estava sentindo muita dor com isso. Antes de ele cortar o pescoço, eles haviam tido uma discussão. Isso deve estar mexendo com a cabeça dele.

Alan contou para o R7 o que deseja dizer ao amigo, assim que este puder receber visitas:

- O que eu vou dizer a ele é: amigão, acorda, a sua vida vale muito. Apesar de não estar mais cantando, eu recebo muitas mensagens de carinho no twitter de gente que ama o Rafael. Ele precisa viver muito. Chega de bobagem!

O ex-Polegar falou ainda que acompanhou de perto a tragédia de Ilha.

- Estive no hospital do Campo Limpo, onde ele foi socorrido e operado, e entrei direto na sala dos médicos, onde me encontrei com colegas de faculdade. Eles me informaram que ele estava fora de risco de morte e que estava bem, dentro do possível. Eles me disseram também que o corte foi muito profundo e que o próprio Rafael falou para eles que se cortou com um vidro. Os médicos contaram que ele cortou a jugular e alguns músculos e, por pouco, não chegou à coluna. Graças a Deus, nenhum nervo foi atingido e eles conseguiram suturar a tempo.

O ex-Polegar informou ainda que vai passar, nesta quinta-feira (22), no hospital São Luiz, para onde Ilha foi transferido.

- Pretendo passar lá, mas como visita de médico. Ainda não é o momento de conversar. Espero muito que ele saia dessa e não entre de novo nunca mais. Não sei porque ele chegou nesse ponto. A mente humana é muito louca. Eu pego casos no pronto-socorro de adolescentes que tentam se matar por causa de namorado. Muita gente faz isso para chamar a atenção para uma dor, um sentimento. Os jovens que entram nessa de tentar se matar às vezes querem chamar a atenção, mas podem errar a mão e realmente acontecer a morte.

FONTE